Mineração

O que é mineração de Bitcoin?

Mineração é o processo de usar capacidade de processamento para processar transações, garantir a segurança da rede, e manter todos participantes do sistema sincronizados. Pode ser considerado como o datacenter do Bitcoin exceto que foi projetado para ser totalmente descentralizado, com mineradores em todos os países e nenhum em particular tendo controle sobre a rede. Este processo é chamado de "mineração" em uma analogia à mineração de ouro porque é um mecanismo temporário utilizado na emissão de novos bitcoins. Porém diferentemente da mineração de ouro, a mineração de Bitcoin provê uma recompensa em troca dos serviços essenciais para operar uma rede segura de pagamentos. Mineração ainda será necessária depois que o último Bitcoin for emitido.

Como é que a mineração de bitcoin funciona?

Qualquer um pode se tornar um mineiro de Bitcoin executando software com hardware especializado. Software de Mineração ouve transações transmitidas através da rede ponto a ponto e executa tarefas apropriadas para processar e confirmar essas transações. Mineiros de Bitcoin realizam esse trabalho, porque eles podem ganhar comissões de transação pagas pelos usuários para o processamento mais rápido das transações, e bitcoins novos são emitidos de acordo com uma fórmula fixa existente internamente.
Para novas transações serem confirmadas, elas precisam ser incluídas em um bloco juntamente com uma prova matemática de trabalho. Tais provas são muito difíceis de serem geradas porque não há um jeito de se criá-las a não ser através da tentativa de realizar bilhões de cálculos por segundo. Isso requer que mineradores realizem tais cálculos antes que seus blocos sejam aceitos pela rede e antes de serem recompensados. À medida que mais pessoas começam a minerar, a dificuldade de encontrar novos blocos válidos é automaticamente aumentada, para garantir que a média de tempo para encontrar um bloco permaneça igual a 10 minutos. Como resultado, a mineração é um negócio altamente competitivo onde nenhum indivíduo minerador pode controlar o que é incluído na block chain.

A prova de trabalho também é projetada para depender do bloco anterior para forçar uma ordem cronológica na block chain. Isso torna exponencialmente difícil de reverter operações anteriores, pois isso exige o recálculo das provas de trabalho de todos os blocos subsequentes. Quando dois blocos se encontram ao mesmo tempo, os mineiros trabalham sobre o primeiro bloco que receber e exibem a cadeia mais longa de blocos logo que o bloco seguinte é encontrado. Isso permite que a mineração garanta e mantenha um consenso global com base no poder de processamento.

Mineiros de Bitcoin não são capazes de enganar, aumentando a sua própria recompensa, nem processar transações fraudulentas que poderiam corromper a rede Bitcoin, porque todos os nós Bitcoin rejeitariam qualquer bloco que contenham dados inválidos de acordo com as regras do protocolo Bitcoin. Consequentemente, a rede continua a ser segura, mesmo que nem todos os mineiros de Bitcoin possam ser confiáveis.

Minerar Bitcoin não é um desperdício de energia?

Gastar energia para proteger e operar um sistema de pagamento é dificilmente um desperdício. Como qualquer outro serviço de pagamento, o uso de Bitcoin implica custos de processamento. Serviços necessários para o funcionamento dos sistemas monetários atualmente generalizados, tais como bancos, cartões de crédito e veículos blindados, também usam muita energia. Embora ao contrário Bitcoin, o seu consumo total de energia não é transparente e não pode ser tão facilmente medido.

A mineração de Bitcoin foi concebida para tornar-se mais otimizada ao longo do tempo, com hardware especializado que consome menos energia, e os custos operacionais de mineração deve continuar a ser proporcionais à demanda. Quando a mineração Bitcoin se torna muito competitiva e menos rentável alguns mineiros optam por parar suas atividades. Além disso, toda energia gasta na mineração é transformada em calor eventualmente, e os mineiros mais rentáveis ​​serão aqueles que colocam esse calor para uma boa utilização. Uma rede de mineração otimizada e eficiente é aquela que não está realmente consumindo qualquer energia extra. Enquanto isto é o ideal, as economias de mineração são proporcionais ao que os mineiros se esforçam individualmente em direção a ela.

Como a mineração ajuda a manter a segurança do Bitcoin?

A mineração cria o equivalente a uma loteria competitiva que torna muito difícil para qualquer um adicionar consecutivamente novos blocos de transações na cadeia de blocos. Isso protege a neutralidade da rede, impedindo que qualquer indivíduo ganhe o poder de bloquear determinadas transações. Isso também impede que qualquer indivíduo substituia partes da cadeia de blocos para reverter seus próprios gastos, o que poderia ser usado para fraudar outros usuários. A mineração torna exponencialmente mais difícil de reverter uma transação passada, exigindo a alteração de todos os blocos seguintes a esta transação.

O que eu preciso para começar a minerar?

Nos primórdios do Bitcoin, qualquer pessoa poderia encontrar novos blocos usando a CPU do seu computador. Quando mais e mais pessoas começaram a minerar, a dificuldade em encontrar novos blocos cresceu gradativamente ao ponto de apenas hardwares especializados com ótimo custo-benefício de mineração serem usados hoje.